Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




J...

por Tomates e Grelos, em 25.06.14

A J era louca...eu já falei dela aqui mas sem nunca me referir pelo nome (J). Basicamente fodiamos em qualquer lado. Ela gostava do perigo e eu aprendi a gostar com ela. Ela excitava-me profundamente e sabia que me fazia vir "com um estalar de dedos". Era impressionante. Nunca alguma mulher me controlou tão bem quanto ela. A sua abertura sexual era abrangente, algo raro e mais repudiado na altura que hoje em dia. Ainda assim, nunca desistiu de ser quem era. Não me refiro a ela no passado por não existir, só não existe na minha vida mas recordo-a com respeito e carinho. Sei que também a dominei mas...emocionalmente. Uma certa vez, em pleno Verão, viajávamos de autocarro até à praia e não me consegui conter...sabia que no destino iria haver sexo...era inevitável e, o mero pensamento deixava-me as bolas num turbilhão. Ela estava com roupa de praia e consequentemente, saia, daquelas de praia, curtinhas, leves, maleáveis. Ainda que não estivéssemos no fundo do autocarro, não havia ninguém atrás e podia controlar os olhares...tinha o hábito de colocar a mão na coxa e deslizei-a...a puta, esperta e sabida, tratou de afastar ligeiramente as pernas. Pensei isso mesmo: "Que puta...eu gosto pouco e tu gostas ainda menos...". Tarefa facilitada, prossegui, sempre com o olhar virado para a frente. O que inicialmente era resistivo, passou depressa a convidativo. Percebi que estava no caminho certo quando a sua mão encontrou o meu pau e o massajou. Não demorou a crescer. Fitei-a. Estava com uma expressão de quem simplesmente viajava de autocarro mas, os olhos, os olhos não enganavam. Afastei as cuecas e senti toda a excitação inundar-me os dedos. Ao mesmo tempo, o sexo duro fazia força na roupa, lutando para se libertar e isso era um estímulo adicional. Não proferiu um gemido enquanto a tocava. Nada denunciava o que se passava naquele banco, nem mesmo quem entrava e nos olhava, sabia o que se passava. Ou pelo menos, assim acreditávamos nós. A viagem terminou depressa demais...quando o prazer é bom (perdoem o plenoasmo), queremos que dure para sempre. Felizmente que o destino era: a praia!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:42


6 comentários

De Quarentona a 08.07.2014 às 11:46

Curioso... também tive um amigo assim, cujo o nome começava precisamente por "J"

De Quarentona a 09.07.2014 às 19:53

Fui... mas não por ele :P

De Tomates e Grelos a 10.07.2014 às 14:38

De certo modo, ele também o terá feito...

Comentar post



Mais sobre mim



Homem que gosta da vida, de prazer, de sexo, de conversar, de partilhar.


Se deseja entrar em contacto com o autor, pode fazê-lo através do endereço: tomatesegrelos@sapo.pt.


ver perfil

seguir perfil


Copyright

© Tomates e Grelos and tomatesegrelos.blogs.sapo.pt, 2012 to 2014. Unauthorized use and/or duplication of this material without express and written permission from this blog’s author and/or owner is strictly prohibited. Excerpts and links may be used, provided that full and clear credit is given to Tomates e Grelos and tomatesegrelos.blogs.sapo.pt with appropriate and specific direction to the original content.

calendário

Junho 2014

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930

Tomates & Grelos Online